A Guarda Municipal passou por uma reestruturação neste início do ano. Sob a determinação do prefeito Rafael Greca foram feitas novas escalas e o resultado já pode ser notado nas ruas: mais guardas voltaram aos locais com grande movimentação de pessoas, como as ruas da região central, bairros, parques e praças. 

 
“Nossa presença será mais constante na cidade. Agora, neste início de gestão, vamos sacrificar um pouco a parte administrativa, fazer mais com menos, para ter efetivo maior de guardas nas ruas”, explicou o secretário de Defesa Social e Trânsito, Algacir Mikalovski.

Nesta semana, 42 guardas municipais que estavam em desvio da atividade-fim – ou seja, fazendo trabalhos administrativos – retornaram às ruas. Nos próximos 60 dias, 100 guardas municipais deverão ter retornado aos trabalhos nas ruas. “A população vai voltar a ver os guardas municipais nas ruas. Serão feitas rondas ostensivas da Guarda Municipal. Nossa atuação será integrada com as demais forças de segurança, como a Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia Federal”, explicou Mikalovski.

Um dos locais que já conta com reforço do trabalho da Guarda Municipal é o Parque Náutico, no Boqueirão. “Temos também uma viatura para fazer rondas pelo parque, das 13h à 1h da madrugada, todos os dias”, explicou o inspetor Odgar Nunes Cardoso, diretor da Guarda Municipal.

Ruas do Centro, da Praça Tiradentes e do Setor Histórico também já receberam reforço do patrulhamento da Guarda Municipal. Acyr Vianna, 92 anos, percebeu a diferença, nesta sexta-feira (6), na Rua XV de Novembro.

“É sempre bom ter reforço da segurança aqui no Centro. Às vezes tem muito malandro circulando e só a presença da Guarda Municipal e da polícia já evita a ação dos bandidos”, afirmou Vianna, morador do Jardim Los Angeles, que vai passear todos os dias na Boca Maldita.

Atualmente a Guarda Municipal conta com 1.356 guardas no efetivo. A meta da secretaria é convocar, até o fim do ano, mais 600 guardas aprovados no último concurso feito pela Prefeitura.


(fotos: Joel Rocha/PMC)

 

Comments

comments