Dois homens, suspeitos de furto, foram presos na noite da última sexta-feira (29/06) por policiais civis da Delegacia de Furtos e Roubos (DFR), após denúncias via Cepol – Centro de Comunicações da Polícia Civil. A dupla invadiu o depósito de um açougue no bairro Pilarzinho durante a madrugada e furtaram diversos produtos alimentícios. Os suspeitos foram abordados em suas respectivas casas, no mesmo bairro, na rua Victor Benato, horas depois de cometer o crime.

De acordo com as investigações, era exatamente uma hora da madrugada quando os suspeitos arrombaram uma das janelas dos fundos do açougue, na rua Amauri Lange Silvério, e invadiram o espaço usado como depósito de produtos.

Segundo o delegado-adjunto da DFR, Emmanoel David, um dos indivíduos se arrastou pelo chão para evitar que as câmeras de vigilância registrassem a imagem de seu rosto. “Mesmo tentando manter esse cuidado, o suspeito se descuida em determinado momento e seu rosto apareceu claramente no interior do estabelecimento, o que nos auxiliou a identificá-lo”, explica o delegado.

Segundo David, o suspeito permaneceu pouco mais de 20 minutos no local, onde se sentiu “à vontade para, inclusive, consumir alguns dos alimentos e bebidas”.

Ainda no final da tarde, os investigadores já tinham a identificação do homem, de 33 anos, que aparece nas imagens. Por volta das 18h30, uma equipe se deslocou até o local onde ele provavelmente estaria.

Os policiais realizaram uma campana na rua Victor Benato, até que visualizaram o suspeito entrando em uma das casas. “Assim que ele foi abordado, os investigadores constataram que ele já tinha contra si um mandado de prisão expedido pela 2ª Vara de Execuções Penais de Curitiba”, revela o delegado.

Na sequência, os policiais foram atrás do outro suspeito, um rapaz, de 25 anos, que estava com parte dos produtos furtados, dentre chocolates, doces e balas. “Os produtos estavam com etiquetas que identificaram a marca do açougue furtado. Este segundo suspeito também tinha contra ele um mandado de prisão expedido pela Unidade Regionalizada de Plantão Judiciário de Curitiba”, acrescentou a autoridade policial.

Ambos possuem passagem policial. Um deles já havia sido preso por duas vezes como suspeito de roubar cobradores de ônibus coletivos. O segundo suspeito possui outras passagens por furto. Eles permanecem custodiados no setor de carceragem temporária da Delegacia de Furtos e Roubos de Veículos (DFRV), à disposição da Justiça.

Denúncias podem ser feitas por meio do 197 da Polícia Civil.

Comments

comments