Duas mulheres (30 e 31 anos) foram presas na tarde de quarta-feira (06/06), no momento que tentavam abrir uma conta bancária utilizando documentos falsos. A ação aconteceu em uma agência no bairro Batel pela Delegacia de Estelionato da Capital.

Após um denúncia relatando que duas mulheres tentavam abrir uma conta bancaria portando documentos falsos, os policiais do setor de inteligencia da especializada saíram a campo a fim de verificar a denúncia.

Assim que a equipe chegou até o banco foi contatado que os documentos que a dupla portava eram falsos. As suspeitas foram autuadas em flagrante pelos crimes de uso de documento falso e tentativa de estelionato. Uma delas não possui passagens pela polícia. Já a outra conta com uma extensa ficha criminosa, constando passagens pelos delitos de estelionato, receptação, falsificação de documento público e associação criminosa.

O delegado-titular da especializada, Leonardo Carneiro, explica como as suspeitas agiam. “Elas agem sempre juntas. Uma entra no banco e apresenta o documento falso, enquanto a outra espera na parte externa do banco, observando a presença de policiais para poder alertar sua comparsa”, relata o delegado.

Na delegacia, a dupla confessou a tentativa de golpe relatando que tentava abrir a conta para utilizar o limite e alguma linha de crédito decorrente do banco. Ela falou ainda que o documento falso foi comprado de uma pessoa em São Paulo (SP). Ambas permanecem presas à disposição da Justiça.

As investigações seguem no intuito de identificar os fornecedores dos documentos falsos como também a existência de outras pessoas envolvidos no esquema criminoso.

Comments

comments