Um motorista de 40 anos foi preso pela Divisão Estadual de Narcóticos do Paraná (Denarc) transportando 554 quilos de cocaína na madrugada de domingo (01/07), no interior do estado de São Paulo. A abordagem, que ocorreu próximo ao município de Bauru (SP), na rodovia SP 294, é considerada a maior apreensão de cocaína este ano pela Denarc.

De acordo com o delegado-titular da Denarc de Londrina, Lanevilton Theodoro Moreira, a droga estava sendo transportada em um fundo falso de uma Van com placas de São Paulo. “O motorista preso não tem passagens pela polícia e permaneceu em silêncio durante a operação. Estima-se que o prejuízo dos traficantes foi de aproximadamente R$ 15 milhões”, explicou Moreira.

“Diante da coleta de alguns informações e investigações conseguimos detectar e apreender o carregamento que iria ser trasportado para a capital paulista”, falou o delegado completando que os trabalhos contaram com o apoio dos policiais civis da Coordenadoria de Informações de Inteligência da Polícia de São Paulo.

A Denarc continua com as investigações a fim de identificar e responsabilizar traficantes que se utilizam das rodovias do Paraná para encaminhar drogas a inúmeras regiões do país.

MACONHA – Em outra ação distinta da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc), a equipe policial de Londrina, apreendeu 595 quilo de maconha e dois quilos de crack na tarde de quinta-feira (28/06), na PR-444, em Arapongas. Três pessoas foram presas em flagrante.

De acordo com a polícia, os suspeitos já eram investigados pela pratica criminosa. A droga foi localizada escondida em um fundo falso, na carroceria de uma carreta scania, com placas de Presidente Epitácio (SP).

Na carreta, dois suspeitos, moradores do Estado de São Paulo foram detidos. O terceiro preso estava dirigindo um carro e era encarregado de levar a droga até Londrina, segundo as investigações da Denarc.

Somente o morador de Londrina já possuía antecedentes criminais por tráfico de drogas. A equipe do Canil Integrado PM/GM da cidade de Arapongas auxiliou na localização da droga. Todos os presos foram autuados pelo crime de tráfico de drogas.

Comments

comments