Depois de promover o maior programa de castração gratuita de cães e gatos de Curitiba, a Prefeitura dá mais um passo para a proteção e o bem-estar dos animais. O prefeito Rafael Greca apresentou, nesta quarta-feira (20/6), no Salão Brasil da Prefeitura, as ações de vacinação e atendimento ambulatorial de animais em áreas de maior vulnerabilidade social da cidade.

Segundo o prefeito, essas ações dão continuidade ao grande trabalho que já vem sendo feito em defesa da causa animal em Curitiba. “Já promovemos a castração de mais de 15 mil cães e gatos em dez meses em nosso programa gratuito, o maior número já atingido pela Prefeitura em toda a sua história”, registrou Greca.

Os atendimentos ambulatoriais vão reunir a equipe da Rede de Proteção Animal e residentes de Medicina Veterinária da Universidade Federal do Paraná (UFPR). “Assim, nos tornamos uma cidade de saúde única, em que a proteção animal se soma a das pessoas, esse é o dever principal da Prefeitura”, completou o prefeito.

Na campanha de vacinação, a meta é imunizar cinco mil animais por ano para promoção da saúde e prevenção de zoonoses. As ações devem ser iniciadas já no mês de julho, na Regional Tatuquara. A população será informada por meio das lideranças regionais sobre as datas e locais de permanência das equipes.

Atendimento clínico

Na mesma solenidade, o prefeito e a secretária municipal do Meio Ambiente, Marilza Dias, assinaram com a Universidade Federal do Paraná (UFPR), por meio da vice-reitora Graciela Bolzón de Muniz, um termo de cooperação para utilização do castramóvel do município. O veículo adaptado para atendimentos de saúde de cães e gatos será usado na prática de residentes do curso de Medicina Veterinária da instituição, também em áreas de vulnerabilidade social.

Para a secretária Marilza, trata-se de um grande reforço em um trabalho que já é bastante sólido dentro da administração. “A campanha de vacinação e o atendimento em parceria com a universidade confirmam a política pública consistente na área da proteção animal em Curitiba”, avalia.

Além do número de mais de 15 mil cães e gatos atendidos em menos de um ano no Programa Municipal de Castração Gratuita, a secretária apresentou outras conquistas. Já trabalham em parceria com a Prefeitura mais de 1,4 mil protetores de animais, além de Organizações Não-Governamentais e a sociedade civil.

Avanço

A vereadora Fabiane Rosa, protetora de animais, elogiou a disponibilidade do prefeito Greca e da equipe da Rede de Proteção Animal. “O atendimento veterinário é algo muito esperado por todos nós que trabalhamos pela causa”, disse ela.

A protetora de animais Marcia Santos acredita que está mais perto do sonho de ver Curitiba sem animais abandonados. Há seis anos atuando em defesa dos bichinhos, ela diz que é um marco para a cidade ter 15 mil castrações em menos de um ano. “Não é só pelo abandono de cães e gatos, é pela saúde e boa convivência de toda a população com os animais”, reforça.  

Novo selo, nova comissão

Durante o evento, o prefeito também lançou um selo especial dos Correios para enaltecer a causa da proteção animal. A arte, desenvolvida pelas artistas Carolina Spina e Marcela Tenório, traz um cão e um gato – os animais domésticos mais comuns – e as palavras amor, respeito e vida.

O superintendente estadual de Operações dos Correios no Paraná, Paulo Cezar Kremer dos Santos, entregou ao prefeito um álbum contendo a peça.

A solenidade contou, ainda, com a assinatura do decreto de nomeação do novo Conselho de Proteção Animal (Comupa) para os próximos dois anos. A entidade é composta por secretarias municipais, Câmara Municipal, governo estadual, universidades, conselhos e entidades representativas de classe, associações de moradores e organizações independentes de Proteção Animal.

 

Comments

comments