Já perceberam que quase todo ano, sempre tem um filme de terror bem aguardado pelo público e bastante falado pela mídia? Ano passado foi assim com IT: A Coisa e o filme foi um sucesso, em todos os quesitos. Este ano, quem assume o trono do "terror mais aguardado" é o spin-off de Invocação do Mal, A Freira. Universos compartilhados estão ficando famosos e ganhando cada vez mais espaço em Hollywood nos últimos anos. Um grande exemplo de sucesso é a própria Marvel com seus heróis. Um exemplo de fracasso, por enquanto, é o universo de monstros da Universal Studios, chamado de Dark Universe, que não começou muito bem e o projeto parece que foi congelado, por hora. Mas ainda não tínhamos um universo neste estilo no gênero de terror. Eis que nos aparece um cara chamado James Wan. 

Claro que ele não é pioneiro no assunto, o próprio James Wan disse que se inspirou nos filmes de super-heróis. Mas James inovou ao trazer o que ainda não tínhamos, filmes de terror conectados em um mesmo universo. Começou com Invocação do Mal, depois Annabelle, Invocação do Mal 2, Annabelle 2, e agora, em 2018, A Freira. Os quatro primeiros funcionaram muito bem, mas será que A Freira conseguiu manter essa pegada? Vamos descobrir agora. 

Vendido como "a história mais tenebrosa do universo de Invocação do Mal", o filme chegou aos cinemas cercado de expectativas, afinal, tínhamos muitos motivos para esperar grandes coisas. James Wan, mesmo mundo de Invocação do Mal, a capacidade da Warner para fazer bons filmes, bons trailers e materiais de divulgação, enfim, muitas coisas. E a grande verdade é: o filme é bom SIM, mas longe de ser essa "história tenebrosa" toda. Falando assim, pode até soar totalmente negativo, mas o que eu quis dizer é que o filme é bom sim, só não é tão assustador como pensávamos ser. Pelos trailers e toda a divulgação feita, parecia realmente ser assustador, mas é bem mais leve do que eu pensava. 

A trama do filme começa com um camponês que encontra uma freira enforcada em um convento na Romênia. O Vaticano então decide enviar um padre perito em casos especiais e uma noviça prestes a se tornar freira. Arriscando suas vidas, a fé e até suas almas, eles descobrem um grande segredo e se confrontam com uma força do mal que toma a forma de uma freira demoníaca e transforma o convento em um campo de batalha.

Dentre os acertos do filme, começamos com a escolha da atriz Taissa Farmiga. Não me lembro de um acerto tão grande assim na escolha de um protagonista, porque além da ótima atuação da atriz, ela é irmã mais nova da atriz Vera Farmiga, que é protagonista de Invocação do Mal, o que casou muito bem na história. Fechando o trio principal, Demián Bichir com o Padre Burke e Jonas Bloquet como Frenchie, além de, é claro, a própria Freira Valak, interpretado por Bonnie Aarons. Na direção, tivemos Corin Hardy e o próprio James Wan na produção e colaborando no roteiro. O filme também agrada na fotografia, maquiagem e no visual em si, a maquiagem do demônio Valak realmente assusta. Também tem momentos divertidos, mesmo sendo um filme de terror e tem menções e easter-eggs sobre outros filmes da franquia. Pontos positivos a serem levados em conta. Mas como pontos negativos, vem o que já foi dito acima: o filme não assusta tanto quanto foi vendido, o que não é necessariamente ruim, mas pode decepcionar aqueles que esperam por isso. Os sustos que tanto esperamos são poucos e em alguns momentos até previsíveis, o que vem sendo um grande defeito dos filmes de terror atuais. O elemento surpresa está cada vez mais raro. A história é boa, intrigante, mas com certeza deixou um gostinho de que podia mais. O diretor Corin Hardy só falhou na construção do próprio terror em si e não nos deu um filme do qual poderíamos no assustar e ir pra cada com medo de dormir no escuro. 

A Freira é um programa legal para ver com os amigos e alguns sustos estão garantidos. Para os menos exigentes, talvez até assuste bastante. Mas se você presta atenção nestes detalhes, não espere pelo "episódio mais tenebroso" de Invocação do Mal, porque não foi desta vez. Talvez seja em Annabelle 3, Invocação do Mal 3 ou até em Homem-Torto, próximos filmes deste universo que já estão confirmados. 

Trailer: 

Comments

comments