Dois dias após a atriz Evangeline Lilly declarar ter sido pressionada a gravar cenas de nudez, enquanto interpretava a personagem Kate, no seriado Lost, os criadores do programa se desculparam através de uma nota emitida à imprensa.

De acordo com o jornal britânico The Independent, JJ Abrams e Damon Lindelof assinaram o documento com os produtores Jack Bender e Carlton Cuse, destacando que ninguém deve se sentir desconfortável em seu local de trabalho.

"Pedimos profundas desculpas a Evangeline pela experiência pela qual ela detalhou ter passado enquanto trabalhava na série. Ninguém pode se sentir inseguro em sua profissão", dizia o documento.

Em entrevista à revista Variety, Evangeline havia denunciado que foi pressionada a gravar cenas de nudez que não queria, dizendo que não teve voz alguma no set e que ninguém levou seu desconforto em conta. Pelo trauma que passou, ela disse que não pega mais papéis que envolvam esse tipo de cena.

Comments

comments