PMC

Com 15 anos de tradição, o casamento coletivo do programa Justiça no Bairro tem nova cerimônia marcada para sexta-feira (23/3), às 19h30, na Arena da Baixada. Desta vez, o evento também faz parte da comemoração dos 325 anos de Curitiba e terá a união de dois mil casais.

A cerimônia atende o principal objetivo do Justiça no Bairro, segundo a desembargadora Joeci Machado Camargo, coordenadora do programa: a prestação de auxílio jurisdicional para comunidades carentes. “As inscrições sempre são gratuitas e o evento é direcionado especialmente para casais em situação de vulnerabilidade social”, afirma. As inscrições desta edição foram encerradas em 16 de fevereiro.

De acordo com Joeci, o impacto do evento na população é nítido. “Funciona para aproximar ainda mais o judiciário da comunidade, com serviços rápidos de divórcio e oficialização de novos matrimônios”, explica a desembargadora. “Queremos regularizar a vida das pessoas, com atenção e carinho. Acaba sendo um momento mágico para todos.”

É a terceira vez que a Arena da Baixada recebe o evento. A primeira foi em dezembro de 2014, logo após as reformas do estádio para a Copa do Mundo. Os casamentos coletivos também acontecem na Rua da Cidadania de diversas regionais de Curitiba, mas sem periodicidade definida.

O casamento é uma iniciativa é do programa Justiça no Bairro, do Tribunal de Justiça do Paraná, em parceria com cartórios de registro civil, Prefeitura de Curitiba, Fecomércio-PR, Sesc-PR, Senac-PR e do Clube Atlético Paranaense.

Oportunidade única

O evento do bairro Tatuquara, em agosto do ano passado, oficializou a união de 55 casais. Rosalvo Tertuliano dos Santos e Maria José, juntos há mais de 40 anos, aproveitaram a oportunidade. “A gente lutava faz tempo para conseguir e, por causa do casamento coletivo, deu certo”, destacou Maria na cerimônia.

Ter uma festa de casamento demanda dinheiro. Para muita gente, um evento grande só é possível por meio do matrimônio coletivo. “O casamento veio realizar um sonho que tínhamos, mas que estávamos adiando”, disse Fabiola dos Santos, que se casou com Cristofer Niciak na cerimônia gratuita da Rua da Cidadania do Carmo, em março de 2017.

Foto: Valdecir Galor/PMC

Comments

comments