Uma mulher cadeirante morreu e um homem de 40 anos ficou ferido após serem atropelados por um motorista embriagado na região de Santana, na zona norte de São Paulo, na noite deste domingo, 22. O condutor, de 38 anos, admitiu ter ingerido bebida alcoólica e foi preso em flagrante.

O caso aconteceu na Rua Santa Eulália, em Santana, por volta das 18h35. Aos policiais, um taxista relatou que o motorista desviou do seu carro para fazer uma ultrapassagem pela direita. As vítimas estavam na rua e foram surpreendidas pelo veículo.

Segundo as investigações, o motorista continuou dirigindo após o atropelamento, parou depois e voltou a pé para saber do ocorrido Ele e a esposa confirmaram a versão das testemunhas, de acordo com a Polícia Civil.

As vítimas foram socorridas ao Hospital Mandaqui, também na zona norte, mas a mulher não resistiu. Como ela estava sem documentos, foram acionados agentes do Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton Daunt (IIRGD) que coletaram impressões digitais para identificá-la. Já o homem permaneceu no hospital sob observação.

Aos investigadores, o casal contou que estava voltando de uma festa e que o motorista havia bebido. Policiais militares foram acionados e realizaram o teste do bafômetro, que confirmou a ingestão de álcool do suspeito.

O condutor foi autuado em flagrante por homicídio culposo (quando não há intenção de matar) na direção de veiculo automotor e lesão corporal na direção de veículo. Nesta segunda-feira, 23, ele vai passar por audiência de custódia para decidir se deve continuar preso ou responder ao processo em liberdade.

O caso foi registrado no 20º Distrito Policial (Água Fria), também na zona norte da capital paulista.

 

Comments

comments