Baba Salim é o grande campeão do Comida di Buteco e representa a cidade na eleição nacional

Um pedaço do Líbano no Brasil. Esse foi o diferencial que conquistou o público que participou do Comida di Buteco em Curitiba. O Baba Salim foi o grande vencedor da terceira edição do concurso e agora representa a cidade na eleição nacional que vai definir qual é o melhor boteco do Brasil. O Baba Salim venceu a disputa com o petisco Fate Salim, carne fatiada temperada com grão-de-bico, amêndoas fritas, pão árabe torrado e molho de tahine.

Os botecos Gordo & Magro Gastrobar, no Santa Cândida, e Schnaps, no Vista Alegre, ficaram em 2º e 3º lugar respectivamente. Os petiscos deles foram Calouro veterano – bolinho de carne recheado com costela e polenta branca artesanal – e Brega e Chique – bolinho de arroz com queijo parmesão e calabresa (o brega) e espeto de mignon à milanesa com queijo provolone (o chique). A premiação aconteceu na noite desta terça-feira (07) em evento para convidados e imprensa.

"Este é o terceiro ano que participamos do Comida di Buteco e, sem dúvida, é uma grande alegria ter conquistado o primeiro lugar. Nosso petisco foi pensado em trazer um pouco do Líbano, mas também com o paladar do brasileiro. Que venha a eleição nacional", declarou o grande campeão da noite, Jamal Chiah.

Maurício Fontana e Marcos Teixeira, que comandam o Gordo & o Magro, estrearam com o pé direito no concurso. "O Comida di Buteco é um grande concurso e estamos muito felizes. Agradecemos muito toda a nossa equipe e os clientes", comentou Maurício.

Para as irmãs Silmara e Denise Grandal o terceiro lugar é o reconhecimento do trabalho. "Este é nosso segundo ano no Comida di Buteco e estamos cada vez mais satisfeitas em fazer parte. Participar desse concurso é muito gratificante", disseram as sócias, que também são irmãs de Rodrigo, vencedor do Comida di Buteco 2016.

Após 18 anos de concurso pelo Brasil, o coordenador regional do evento, Filipe Pereira, conta que Curitiba já alcançou um ótimo resultado e certamente terá muitos anos de Comida di Buteco pela frente. "Curitiba é uma cidade que realmente incorpora o Comida di Buteco. Nossa missão de transformar vidas através da cozinha de raiz com certeza está sendo cumprida", afirma.

Etapa Nacional – Com o fim da etapa regional, o Comida di Buteco passa para uma segunda fase, eleger o melhor do Brasil. Na segunda quinzena de junho, após a finalização das premiações em todas as 20 cidades participantes, um comitê de jurados vai viajar pelo Brasil e conhecer todos os vencedores. Cada bar vai receber três jurados: um da sua cidade e dois de outros lugares do Brasil.

Participam do Comida di Buteco, além de Curitiba: Belém, Belo Horizonte, Brasília, Campinas, Fortaleza, Goiânia, Juiz de Fora, Manaus, Montes Claros, Poços de Caldas, Porto Alegre, Recife, Ribeirão Preto, Rio de Janeiro, Salvador, São José do Rio Preto, São Paulo, Uberlândia e Vale do Aço.

O grande vencedor nacional será conhecido no dia 11 de julho, em uma festa no Rio de Janeiro onde todos os petiscos concorrentes serão servidos.

O Concurso – A terceira edição do Comida di Buteco em Curitiba aconteceu de 14 de abril a 07 de maio. Durante os 24 dias, 18 botecos receberam público e jurados que votaram para eleger o melhor da cidade. Todos os clientes que pediam o petisco participante avaliavam os seguintes critérios em uma cédula de votação: tira-gosto, higiene, temperatura da bebida e atendimento. O primeiro correspondia a 70% do peso da nota e os restantes 10% cada um. Cada bar ainda recebeu três jurados que votaram nos mesmos quesitos. O peso do voto do público representou 50% da nota e o dos jurados os outros 50%. A apuração dos votos foi feita pelo Instituto Vox Populi.

O tema desta edição foi cereais: as receitas exclusivas tinham algum cereal no recheio, acompanhamento, molho ou na apresentação

 

Participaram do concurso este ano em Curitiba: A Casa da Esquina, Baba Salim, Bar Basset, Bar do Edmundo, Cabana Bar & Petiscaria, Cantina Açores, Casa Velha, Dom Rodrigo, Gordo & Magro Gastrobar, Jacobina, Paraguassu, Petiscaria Germânia, Picknick Bar, Quintal do Monge, Schnaps Bar, Tatu Bar, Vallentina e Zezito's.

A equipe organizadora é quem faz a seleção dos botecos participantes, que não pagam nada para participar do projeto. A ideia é trazer mais movimento a bares tradicionais e familiares, em que os donos sejam totalmente envolvidos com o dia a dia do estabelecimento.

O Comida di Buteco é 100% viabilizado com investimento de empresas que acreditam na sua causa, como plataforma de desenvolvimento de suas marcas. Confira todos os apoiadores do Comida di Buteco 2017:

 

Cerveja oficial: Amstel

Apresentador: Mc Cain

Patrocínio: Get Net – Mastercard,Trident, Vigor

Promoção: RPC, Perdigão

Apoio: SmartFit, Tabasco, Hellman's, Chandon, Odhen Teknisa, Metro, Abrasel, Curitiba Convention & Visitors Bureau, Traga Luz, Secretaria do Esporte e do Turismo – Paraná Turismo, Hotel Nacional Inn.

Comments

comments

Deixe um comentário