Estadão Conteúdo

O senador Álvaro Dias (Pode-PR) lançou oficialmente, nesta sexta-feira, 23, a sua pré-candidatura à Presidência da República, em Belo Horizonte (MG). O evento ocorreu durante a posse da Executiva estadual do partido em Minas Gerais.

Inicialmente, a ideia era que o lançamento da pré-candidatura de Dias ocorresse em Curitiba, no Estado do senador. Porém, ele mudou de ideia e decidiu realizar o evento em Minas, que considera um "Estado síntese". Em pesquisas recentes de intenção de voto, Dias aparece com 6% no melhor dos cenários. Para viabilizar a sua candidatura, uma de suas estratégias é se fortalecer nos maiores colégios eleitorais do País.

Durante o evento, ele voltou a defender a "refundação da República". "Precisamos zerar e começar tudo de novo. Acabar com o sistema corrupto do balcão de negócios que foi o responsável pela crise que estamos vivendo no País", disse. Ele também afirmou que vai se candidatar para vencer. "Vamos tentar pra mudar. E nós vamos mudar o Brasil porque podemos mudá-lo. Com a competência do povo e com a inteligência de Minas Gerais."

Presidência do Podemos em Minas

O evento em Minas Gerais também teve a presença do prefeito de Betim, Vittorio Medioli, que assumiu a presidência da legenda no Estado.

Em 2014, Medioli era visto como um "outsider" e foi o candidato do País que usou o maior montante de recursos próprios para se eleger: R$ 4,48 milhões, o que representou 99,94% de sua arrecadação e quase alcançou o teto de R$ 4,52 milhões estabelecido para o município. Desde que se filiou ao Podemos, em fevereiro, ele está comprometido a apoiar Dias no Estado e a atrair outros prefeitos para o partido.

Foto: Reprodução/Podemos

Comments

comments