Serão gastos R$ 4 milhões na reforma dos terminais urbanos de Fazenda Rio Grande, Campina Grande do Sul (Jardim Paulista) e Almirante Tamandaré (Cachoeira e Centro) e, também, na aquisição de 343 abrigos de ônibus para 18 municípios que devem ser entregues em até oito meses. O anúncio das obras foi feito pelo governador Beto Richa na tarde da última quinta-feira (08).
 
Fonte: Agência Estadual de Notícias
 
A estimativa é que os novos abrigos atendam cerca de 780 mil usuários dos municípios de Almirante Tamandaré, Araucária, Balsa Nova, Bocaiuva do Sul, Campina Grande do Sul, Campo Largo, Campo Magro, Colombo, Contenda, Fazenda Rio Grande, Itaperuçu, Mandirituba, Pinhais, Piraquara, Quatro Barras, Quitandinha, Rio Branco do Sul e São José dos Pinhais.
 
Os abrigos dos pontos de ônibus serão padronizados, conforme projeto estabelecido pela Comec e cada município será responsável pela instalação.
Nos terminais de Almirante Tamandaré os tubos das linhas Curitiba/Cachoeira serão substituídos por duas plataformas de embarque e desembarque com rampa para parada simultânea de dois ligeirinhos. Diariamente o terminal recebe 6,3 mil usuários. No terminal do Centro, a linha Tamandaré/Cabral também terá o tubo substituído por plataforma elevada. O valor das obras é de R$ 1,06 milhão e os serviços serão executados em 120 dias.
 
Em Fazenda Rio Grande, as obras que somam cerca de R$ 990 mil implantarão mais seis plataformas no terminal. Com isso, os municípios de Mandirituba e Quitandinha passam a ser atendidos no mesmo espaço. As obras no terminal em Campina Grande já começaram e assim que concluídas dobrarão a capacidade diária de usuários, que hoje é de 9,2 mil passageiros.
 
Leia a matéria completa aqui

Comments

comments